terça-feira, 6 de maio de 2014

É tempo de [hi]School nas escolas


A família, as instituições de ensino e as religiões têm responsabilidade constante em educar os jovens com a finalidade de prepará-los a conviver em sociedade. O [hi]School sustenta, orienta escolhas e tem a intenção de interiorizar nesses adolescentes fundamentos sobre o que é justo e moral.

O projeto [hi]School vem trabalhando junto com escolas de Brasília desde 2011 e auxiliando o desenvolvimento social e humano dessa juventude a partir de suas ferramentas. Hoje, um dos principais objetivos da [hi], realizadora do projeto, é disseminar valores nessas pessoas.

Características socioemocionais como perseverança, motivação, integridade, benevolência e humildade são apenas alguns dos principais valores cultivados nas palestras realizadas nas escolas.

De acordo com o resultado do Fórum Internacional de Políticas Públicas realizado em São Paulo no final de março pelo Ministério da Educação (MEC), aspectos socioemocionais, como esses, podem elevar o desempenho dos estudantes em até 30%. Podemos dizer que a [hi] está à frente no mercado educacional por inserir a importância no cultivo de bons valores e potencializar isso nos jovens.

A conclusão que partiu de um estudo realizado pelo Instituto Ayrton Senna (IAS) e pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) cruzou resultados de provas através de relatórios aplicados em 25 mil alunos e traçou o perfil socioemocial dos estudantes. O estudo constatou, por exemplo, que um aluno mais aplicado fica em média, quatro meses e meio a frente de um colega desmotivado no calendário escolar, ainda que os dois tenham o mesmo perfil e condições semelhantes. Concluiu-se também que tais competências, são muito importantes para a motivação e para o desenvolvimento interpessoal e social do jovem e por isso, devem ser inseridas no contexto escolar diário.

É tempo de inserir valores nas escolas. Todos os núcleos de ensino devem reconhecer a importância dos resultados dessa pesquisa. Trata-se de um desafio para a educação do nosso país. Podemos mudar muita coisa!  Mãos à obra, [hi]School!