quinta-feira, 27 de junho de 2013

Apenas 5 minutos




Nós não conseguimos ser perfeitos o tempo todo, nós não somos brilhantes o tempo todo. Não temos a capacidade de sorrir, de alegrar e de viver intensamente a todo instante. Nós também temos fraquezas, tristezas, derrotas. Nós também caímos.

 A vida é feita de altos e baixos e não há ninguém no mundo que já não tenha vivido dias de pura alegria e dias de pura melancolia. Ninguém é feliz o tempo todo. Ninguém é obrigado a ser. Seria até exaustivo imaginar alguém assim. Pensem... ter que estar sempre alegre, sempre de bom-humor, sempre sorrindo. É impossível!

Sejamos mais realistas então e imaginemos: e por 5 minutos? Será que podemos ser tudo de positivo que há no mundo por pelo menos 5 minutos? Parece até que ficou mais fácil né?! Então, vamos além, vamos quebrar nossos limites, quebrar as correntes que nos prendem. Sejamos alegres, sorridentes, contagiantes. Sejamos felizes! Até porque, gente, não são exatamente esses momentos que nos recordamos do nosso passado? O que fica da nossa infância não são as brincadeiras, as aventuras, os primos, as risadas? O que fica da nossa adolescência não são os amigos, os beijos roubados, os amores, as confidências? 5 minutos podem mudar toda uma vida. A questão é o que você fará com esse tempo. Você irá tratá-lo apenas como outro momento qualquer, sem importância, sem graça, ou fará dele um momento memorável, eterno?

Nós podemos ser aquilo que sempre sonhamos ser, nem que seja por apenas 5 minutos... Façam esses 5 minutos valer a pena!

Lucian Lorens e Laís Antonietto
Voluntários [hi]School